"O lar cristão é o lugar onde os filhos recebem o primeiro anúncio da fé. É por isso que a casa de família se chama, com razão, «Igreja doméstica», comunidade de graça e de oração, escola de virtudes humanas e de caridade cristã."(Catecismo da Igreja Católica, 1666)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Minicurso teológico


Nossos fiéis leigos anseiam boa formação doutrinária católica. Querem mais do que um curso de catequese, mas nem sempre conseguem tempo para um curso completo que abranja todos os tópicos da teologia. 



Visando a ser mais profundo nos poucos assuntos tratados, ainda que tocando apenas no primeiro tratado do estudo teológico - justamente Deus -, lançamos esse minicurso, cujas aulas versarão sobre:


aula 01 - A EXISTÊNCIA DE DEUS
aula 02 - A REVELAÇÃO DIVINA
aula 03 - A FÉ, NOSSA RESPOSTA A DEUS
aula 04 - A TRINDADE DE PESSOAS EM DEUS

O curso foi preparado por meu marido, Rafael Vitola Brodbeck, e agora está disponível na Hotmart.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Como viver o Advento em família

Já falamos por aqui no blog sobre o Advento diversas vezes. O último post foi bem completo.

Também gravei o vídeo abaixo que pode ajudar os leitores e está em nosso canal do Youtube. Assinem, por gentileza, e não percam nossos vídeos e aulas.


E para exemplificar, mostramos alguma fotos do nosso início de Advento em nossa Igreja doméstica.

No sábado antes do I Domingo do Advento iniciamos as I Vésperas. Era hora de começar a preparação, ver a decoração, fazer um profundo exame de consciência para limpar nossa alma a fim de, terminando o Advento que estava recém começando, recebermos Jesus que nos chega no Natal, no fim do mundo Jesus que nos chega para julgar vivos e mortos, e durante toda a nossa vida Jesus que nos chega sob as aparências do pão e do vinho na Eucaristia. 

Já no Domingo, fomos à Santa Missa em família e, como de costume, assei um churrasco para toda a família. 







Também temos uma coroa de Advento que enfeita a mesa principal da sala de jantar.


Pela tarde, as crianças foram para a minha sogra montar a decoração natalina da casa da vovó. E de noite, foi a vez de colocarmos o primeiro objeto na árvore de Jessé, que ganhamos do atelier Feltro do Céu (curtam a fanpage deles no Facebook).

árvore de Jessé

árvore de Jessé

Hoje, segunda-feira, terminamos, enfim de montar a árvore e colocamos as coisas principais na casa, luzinhas, presépios.

Como viver o Advento em família





Como viver o Advento em família

Como viver o Advento em família

Como viver o Advento em família

Como viver o Advento em família

Como viver o Advento em família

Como viver o Advento em família

Como viver o Advento em família

Como viver o Advento em família

Como viver o Advento em família

Como viver o Advento em família

Após colocarmos o objeto de hoje na árvore de Jessé, dirigi uma pequena meditação sobre a Criação dirigida por mim às crianças, em preparação ao Natal. Amanhã será sobre o pecado dos nossos primeiros pais e como isso afastou a humanidade do Senhor, necessitando de um Salvador que nos chegou justamente na festa para a qual estamos nos preparando no Advento. Assim se exerce o sacerdócio paterno na Igreja doméstica.

Como viver o Advento em família

E diante da coroa do Advento, com a vela da primeira semana acesa, fizemos nossa oração final.






quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Como trabalhar com as crianças o Natal e o consumismo

Como trabalhar com as crianças o Natal e o consumismo?

Muitos me perguntam como conciliar os presentes e a festa com o verdadeiro espírito do Natal, como manter a fé cristã em meio a tantos apelos para compras nessa época do ano. É a isso que eu respondo nesse vídeo, de nosso canal no Youtube, vinculado ao meu outro blog que tenho com meu marido. Uma resposta clara e direta. 

Aproveita e faz a tua matrícula na sexta edição de nosso curso COMO CATEQUIZAR SEUS FILHOS EM CASA. Basta clicar aqui e ver como é o curso e como se inscrever. O período de matrículas vai só até 30 de novembro, festa de Santo André.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Vídeo: A música cristã no lar

Meu marido, Rafael, postou hoje em nosso canal no Youtube, um vídeo sobre como usar a música cristã no contexto devocional familiar.

Vejam:



Aproveitando o post, lembrem-se de que o período de matrículas para a sexta edição do curso "Como Catequizar seus Filhos em Casa" se encerram no próximo dia 30 de novembro, festa de Santo André, Apóstolo. Cliquem AQUI e façam a sua inscrição.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Vídeo: Como comemorar o Dia de Ação de Graças

O Dia de Ação de Graças se aproxima. Saiba a origem da festa e como comemorar em família assistindo ao vídeo abaixo. Aproveite e faça a sua matrícula no nosso curso COMO CATEQUIZAR SEUS FILHOS EM CASA clicando aqui.

Também tratei do tema do Dia de Ação de Graças neste outro artigo.

terça-feira, 15 de novembro de 2016

O Advento vem aí...

No próximo Domingo, entramos na última semana do Tempo Comum. No calendário da forma ordinária do rito romano - calendário moderno -, é o dia de celebrar Cristo Rei (que foi celebrado no calendário da forma extraordinária - calendário tradicional - no último Domingo de outubro). No Domingo seguinte ao último do Tempo Comum começamos o Tempo do Advento, e, com ele, iniciamos um novo ano litúrgico.


O Advento é tempo de muitas graças. Preparamo-nos para comemorar o Natal, festa que celebra a primeira vinda de Jesus, enquanto esperamos a Sua Segunda e Gloriosa Vinda, no fim dos tempos. A preparação para celebrar uma vinda ajuda-nos na preparação para a outra vinda. E serve de alimento durante essa jornada espiritual a Santíssima Eucaristia, Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Nosso Senhor, Rei e Redentor Jesus Cristo: Ele vem no Santíssimo Sacramento cada vez que o padre consagra o pão e o vinho na Santa Missa. Trata-se, pois, de uma vinda intermédia, na Comunhão, para nos alimentar para a celebração da festa da vinda primeira e para estarmos em graça por ocasião da vinda segunda.

Cada Domingo do Advento nos lembra disso, aliás, com leituras bíblicas muito pertinentes.


I Domingo
II Domingo
III Domingo (Gaudete)
IV Domingo
Forma extraordinária
Rm 13,11-14
Lc 21,25-33
Rm 15,4-13
Mt 11,2-10
Fl 4,4-7
Jo 1,19-28
1Co 4,1-5
Lc 3,1-6
Ano A
Is 2,1-5
Rm 13,11-14
Mt 24,37-44
Is 11,1-10
Rm 15,4-9
Mt 3,1-12
Is 35,1-6a.10
Tg 5,7-10
Mt 11,2-11
Is 7,10-14
Rm 1,1-7
Mt 1,18-24
Ano B
Is 63,16b-17.19b;64,2b-7
1Co 1,3-9
Mc 13,33-37
Is 40,1-5.9-11
2Pd 3,8-14
Mc 1,1-8
Is 61,1-2a.10-11
1Ts 5,16-24
Jo 1,5-8.19-28
2Sm 7,1-5.8b-12.14a.16
Rm 16,25-27
Lc 1,25-38
Ano C
Jr 33, 14-16
1Ts 3,12-4,2
Lc 21,25-28.34-36
Br 5,1-9
Fl 1,4-6.8-11
Lc 3,1-6
Sf 3,14-18a
Fl 4,4-7
Lc 3,10-18
Mq 5,1-4 (2-5a)
Hb 10,5-10
Lc 1,39-45
Podemos nos preparar bem para o Natal vivendo intensamente o Advento. Quem sabe indo à Santa Missa também durante a semana? Ou lendo e meditando em família os textos bíblicos de cada Domingo, como na tabela acima?

Atividades para se fazer em família não faltam: a árvore de Jessé, o calendário do Advento, a montagem da árvore de Natal, do presépio e da decoração natalina, o ensaio de cantos de Natal, a organização desde já da ceia, a celebração do Serviço de Nove Lições e Cânticos em família, recitar as Antífonas do Ó, preparar uma coroa de Advento bem bonita para colocar em local de destaque na sala, visitar alguma instituição de caridade em família (um asilo, um orfanato, um albergue, uma escola especial) para falar da salvação em Cristo Jesus, e ir ensinando às crianças o sentido da grande festa que estamos preparando. 

Mais próximos do Natal, convém fazer uma novena preparatória. Quem sabe organizar a novena com os nossos vizinhos? É uma oportunidade missionária até mesmo, pois se estão afastados da Igreja poderão retomar a vivência da fé.

Enfim, as possibilidades de bem celebrar o Advento, e de aproveitar esse rico tempo litúrgico para viver a fé católica no lar e educar nossos filhos, são muitas. Tenhamos senso de oportunidade, sabedoria e iniciativa.

E como no Advento começa um novo ano litúrgico, deixo essa reflexão em vídeo para que vocês tenham idéias de como celebrar o calendário da Igreja no lar:



De nossa parte, estamos sempre dispostos a ajudar nossos leitores não só na preparação de seu Advento, como na transmissão de conteúdos da fé aos seus filhos. Para isso, temos o nosso curso Como Catequizar seus Filhos em Casa já em sua sexta edição! Clique no link, saiba mais sobre o curso e faça sua inscrição - que vai só até o dia 30 de novembro.


quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Matrículas abertas: 6ª turma do curso "Como catequizar seus filhos em casa"

As inscrições para a SEXTA TURMA do nosso curso "Como catequizar seus filhos em casa" estão abertas!



Você ainda não sabe do que se trata? Veja aqui!

Nosso curso ajudará você, pai, mãe, padrinho e madrinha, ou mesmo que ainda não tenha filhos ou afilhadas e nem mesmo seja casado, as melhores formas de ajudar uma criança a ter uma excelente formação doutrinária católica NO LAR, seja por uma preparação exclusiva para a Primeira Comunhão, seja como complementação ao curso de catequese da sua paróquia ou movimento, ou até como um curso permanente de perseverança na fé.

A responsabilidade dos pais na transmissão da fé cristã às crianças é primordial. Faz parte dos votos matrimoniais. É uma obrigação espiritual, teológica, moral e canônica.

Você tem dúvidas de como educar seus filhos com os conteúdos indispensáveis à sua formação catequética? Faça o nosso curso!

Quer aprender como catequizar seus filhos em casa? Faça o nosso curso!

Com eficácia, transmitindo doutrina segura e os ajudando a crescer não só no conhecimento da fé católica como na intimidade com Cristo e na busca pela santidade? Faça o nosso curso!

Quer aplicar princípios pedagógicos sérios na catequese infantil no lar e entender o processo de conduzir as crianças a Deus? Faça o nosso curso!

Está perdido quanto ao conteúdo que deve ser passado? Faça o nosso curso!


Eu, Aline, tenho com mais de dez anos de experiência em educação infantil, e meu marido Rafael  é profundo conhecedor da doutrina da Igreja e estudioso dos temas da Igreja desde 1994, fundador e diretor-geral do Salvem a Liturgia, e foi membro por muitos anos da equipe do melhor site de apologética em língua portuguesa, o Veritatis Splendor, além de ter artigos publicados no site oficial da Congregação para o Clero, no Vaticano, e ser autor de vários livros religiosos recomendados por grandes Bispos. Ou seja, nós dois juntos temos experiência e condições de ajudar você a preparar uma série excelente de aulas para a catequese doméstica dos seus filhos.

O Rafael e eu somos casados desde 2008 e já temos quatro filhos. Ensinamos os rudimentos da fé católica a todos eles, e a mais velha, Maria Antônia, com cinco anos, já está sendo formalmente catequizada justamente com esse método que iremos propor no curso.
  
Como temos custos e estudamos para dar esse curso, que fizemos com muito amor e carinho para nossos queridos leitores, cobraremos uma taxa que ajudará na manutenção de nosso apostolado. Manter um blog custa dinheiro, e comprar os livros necessários para repassar o conteúdo para vocês também. O tempo gasto na preparação das aulas também é algo a se considerar. 

Se você tivesse que aprender por si só e comprar todos os materiais que estão em nossa biblioteca, gastaria anos estudando e se formando e teria que investir muito dinheiro. Todavia, estamos facilitando as coisas para você, pois entendemos que nosso trabalho é um apostolado, uma ajuda.

E um excelente curso em várias aulas em vídeo, capacitando você a ser um exímio catequista dos seus filhos, entendendo o que deverá abordar, sairá por muito menos do que você imagina.

Considere não como um pagamento ou um gasto, MAS COMO UM INVESTIMENTO na formação espiritual e doutrinária de seus filhos.

Oito aulas:
Aula 01: Apresentação
Aula 02: A função dos pais como catequistas e o propósito da catequese no lar
Aula 03: Princípios pedagógicos aplicados à catequese no lar
Aula 04: Os temperamentos e como isso influencia no aprendizado da criança
Aula 05: Respeitando a maturidade da criança, mas incentivando-a a ir além
Aula 06: Como preparar um bom plano de aula
Aula 07: O conteúdo do livro de catequese e como tirar maior proveito dele
Aula 08: Preparando seus filhos para se confessar e comungar

+

DUAS AULAS BÔNUS

+

um e-book 
em PDF, pronto para ser impresso, e com o conteúdo das aulas de catequese para o seu filho


Material complementar


Inscrição em um grupo secreto do Facebook 
para convivência com outros alunos e os professores e possibilidade de trocar experiências e tirar dúvidas


Consultoria individual 
por e-mail com os professores

Por apenas R$ 180,00 - cento e oitenta reais - você se matricula, tendo acesso ILIMITADO às nossas vídeo-aulas que ensinam como catequizar seus filhos no lar. Isso mesmo. Cento e oitenta reais! E você pode assistir aos vídeos quando e onde quiser, quantas vezes desejar. E de brinde ainda ganhará uma apostila em PDF com o conteúdo da catequese. Ou seja, além de aprender COMO catequizar, ainda recebe, totalmente grátis, um texto com O QUÊ passar aos alunos, filhos, afilhados, sobrinhos etc.

INSCRIÇÕES ENCERRADAS!

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Idéias para um jantar em família no Dia de Ação de Graças



Embora não seja um costume muito presente nos lares brasileiros, o Dia Nacional de Ação de Graças, importado dos Estados Unidos, é uma data oficial do calendário nacional estabelecida em lei federal.

Em nossa pátria, tal festividade civil foi colocada no calendário oficial pela Lei 781, de 17 de agosto de 1949, pelo presidente Mal. Eurico Gaspar Dutra, estabelecendo que seja celebrada na quarta quinta-feira de novembro, exatamente como fazem os americanos. Já em 1965, o Decreto 57.298 regulamentou a data, ordenando, por exemplo, que o presidente da República, ou o Ministro da Justiça, por sua delegação, faça um discurso na véspera, e que as unidades militares promovam cerimônias religiosas especiais em sua alusão. Pelo que me recordo, isso não tem sido respeitado, talvez em nome de uma mal entendida compreensão do que significa o princípio do Estado laico em nossa Constituição.

De qualquer modo, é uma data em que, sobretudo nós os cristãos, temos o que celebrar. Sempre é dia de agradecer a Deus pelas bênçãos concedidas. E ter um dia em que as famílias, instituições, organizações, igrejas, e todo o tipo de associações, se reúnem para render esse agradecimento de modo oficial e público, é, também, em si, uma bênção.

Não é questão de macaquear os Estados Unidos, mas de se deixar influenciar positivamente por outras culturas. O "Papai Noel", por exemplo, não é carioca nem gaúcho. O "Coelhinho da Páscoa" não é nordestino que passa as férias em Santa Catarina. E mesmo assim recebemos esses dados culturais estrangeiros e os incorporamos de modo bastante natural em nossa cultura. Até o Halloween irlandês, britânico e sobretudo americano, tão americano quanto o Dia de Ação de Graças ("Thanksgiving Day"), foi recebido na prática cultural brasileiro. Não há motivo, portanto, para rechaçar a Ação de Graças e todas as suas tradições como se fossem imposição imperialista.

Neste post aqui de 2013, eu conto um pouco da história do Dia de Ação de Graças e de como ele tem, sim, origens também católicas e não só protestantes/puritanas. E aqui eu conto como o celebramos ainda em 2013, e aqui a Aline fala sobre a nossa festa em 2014.




















Vamos nos preparar para celebrarmos bem o Dia de Ação de Graças 2016 em família? Eis algumas dicas:

1. Programação 

É preciso que nos organizemos com antecedência. Não queremos um jantar comum, mas algo especial. Em muitas famílias americanas, como é feriado, o normal é ter um belíssimo jantar com tanta celebração, solenidade e alegria quanto a Ceia de Natal. Talvez não precisemos chegar a esse requinte, até porque o costume não é tão arraigado em nossa cultura. Devemos, todavia, tentar dar o melhor para Deus em forma de gratidão - que é o espírito desse dia - até nessas pequenas coisas.

Convida teus familiares, se eles estiverem dispostos a render graças a Deus e manter um clima espiritual cristão. Do contrário, faz só com a tua família nuclear e com os que moram na tua casa.

Na programação, já deves prever o cardápio (falaremos disso em outro ponto, abaixo), uma bonita decoração, o horário dos preparativos mais próximos e do próprio jantar, escolher uma roupa mais elegante, e até mesmo uma espécie de "liturgia" a ser rezada antes da comida. 

2. A melhor louça e os melhores talheres

Tens uma prataria que só usas em dias especiais? No Natal, em um jantar chique, na recepção de convidados importantes? Usa-a no jantar de ação de graças. Escolhe também a melhor louça, os melhores pratos. Se não tens talheres de prata, dá o teu melhor. Não é questão de ostentação ou de riqueza: dentro das tuas condições sociais e financeiras, deves fazer o melhor. 

Algo a observar com cuidado: pratos e talheres dispostos ao modo tradicional sobre a mesa.


3. Cardápio e bebidas

Os pratos característicos do Dia de Ação de Graças americano nem sempre são fáceis de encontrar ou preparar. Sugestões temos aos montes no Google. Basta procurar.

 

Aqui vou sugerir o que tem funcionado para nós e que tanto respeita a tradição americana quanto é fácil de encontrar e preparar no Brasil (ou ao menos aqui no Sul):

  • Farofa
  • Purê de batatas
  • Peru (ou frango) recheado e assado
  • Torta de abóbora com chantilly
  • Molho de geléia (morango ou mirtilo ou framboesa funciona muito bem)
  • Sopa de moranga (mogango ou abóbora)
  • Batata doce caramelada
  • Milho cozido

Para acompanhar, vinho branco ou espumante. Se for vinho branco, é bem típico da data que seja um frisante, ideal para essa época de calor no Brasil. Particularmente, aqui gostamos bastante do frisante italiano branco do tipo Lambrusco, tipicamente produzido na região da Emilia Romagna. Há várias marcas de Lambrusco, e o que mais nos apetece aqui é o Cavicchioli. Também costumamos tomar os espumantes do tipo Asti, italiano típico do Piemonte. Igualmente há várias marcas, e gostamos muito da Zonin. Enfim, um vinho branco que naturalmente se torna adocicado pela colheita tardia, especialmente este Late Harvest (Cosecha Tardia) da chilena Concha y Toro, é excelente como sobremesa. São vinhos acessíveis, e podem ser encontrados no Brasil facilmente.


4. Decoração

Já falamos nos talheres e nas louças. Mas a mesa também precisa ser bonita, com a tua melhor toalha. Tens guardanapos de pano? Usa! Não tens? Paciência, dá o teu melhor e sê grato a Deus pelo pouco que tens. 

Podes te empenhar para, mesmo com pouco dinheiro e com o material que tens em casa, fazer uma decoração de Ação de Graças para a mesa e para a sala de jantar. No Pinterest, achas bastante coisa nesse sentido.

 

Algumas idéias: um pote de Thanksgiving (de vidro, decorado com motivos/dizeres alusivos à data), onde as pessoas colocarão papéis com os motivos pelas quais elas agradecem a Deus e depois podem ser lidos; velas, flores e pinhas, como no Natal, em forma de arranjo, sobre a mesa; usar porta-guardanapos para os guardanapos de tecido (de preferência bem decorados e bonitos); velas sobre pequenas abóboras; aromatizador de ambiente na sala e no lavabo próximo; um belo capacho na frente de casa; uma tabuleta com um trecho bíblico sobre a gratidão a Deus.


Aliás, quem sabe imprimes vários cardápios dizendo o que terá de comida e coloca sobre o prato de cada um?

 

5. Ação de Graças e demais aspectos religiosos e seculares

Podem cantar alguns hinos de ação de graças, rezar o Te Deum em latim, recitar um salmo que fale da gratidão a Deus, tudo antes do jantar. Se houver Missa e disponibilidade de assisti-la, vá a ela com a sua família, igualmente antes do jantar. Já sentados à mesa, o chefe da família pode conduzir a oração pedindo que cada um agradeça a Deus com suas palavras, em voz alta, por coisas bem concretas e específicas, e ele, o chefe, fará a oração final de bênção da comida.

Após jantarem, podem cantar algo religioso ou mesmo secular que os divirta e demonstre que estão gratos por se reunirem em família. Para quem gosta de futebol americano, a NFL sempre transmite três jogos especiais da temporada durante o dia.




Como falado, escolhe a melhor a roupa. Os homens podem usar traje com gravata, se podem. Não é necessário passeio completo e muito menos black tie (ou rigor), exceto se for um banquete realmente fino com pessoas ilustres e a ocasião demandar algo do tipo. Basta um traje passeio (também conhecido nos últimos tempos por esporte fino), de preferência com gravata. As mulheres usem algo equivalente também (a Aline saberia indicar melhor; falem com ela ou pesquisem bastante no Femina, o seu blog de moda, elegância, modéstia e feminilidade).

E não esqueça: nosso curso sobre catequese de crianças está com matrículas abertas até 30 de novembro de 2016.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Catecismo Ilustrado de 1910

Vejam abaixo que riqueza o Catecismo Ilustrado, publicado em 1910 em português. É bastante semelhante ao que temos aqui em casa em inglês, publicado pela Angelus Press, da Fraternidade Sacerdotal São Pio X.

Olhem que imagens preciosas:





Pois eu consegui esse Catecismo Ilustrado em português que vocês conseguem visualizar e passar as páginas abaixo no Gloria.tv.

Se vocês querem fazer download, usem o Obras Raras do Catolicismo ou o Alexandria Católica.


E não esquece que escrevemos o livro“Família Católica, Igreja Doméstica”, obra que não encontra paralelo no mercado nacional. Mas, para que ele venha ao mundo, precisamos de cada um de vocês. Escolhe tua recompensa, faz tua contribuição e compartilha nossa campanha em suas redes sociais. Toda divulgação é fundamental para o sucesso desta empreitada. Se não conseguirmos atingir a meta estipulada, todos recebem seu dinheiro de volta. Se conseguirmos, cobrimos os custos de direitos autorais, revisão, diagramação, capa, projeto gráfico, impressão e envio – tudo com a reconhecida qualidade da Editora Simonsen.

Vem conosco! Clica AQUI.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Solenidade de Todos os Santos aqui em casa



Apesar da correria do dia a dia - principalmente por no Brasil não ser feriado - e da Theresa estar doente, conseguimos vivenciar um pouco a Solenidade de Todos os Santos. Bem sabemos que em nosso país ela é transferida para o próximo Domingo, justamente por não ser feriado, mas gostamos de ao menos lembrar que o dia original e mais simbólico para a festa é o dia 1º de novembro, em íntima conexão com o dia de Finados e com a vigília precedente, All Hallows Eve, Halloween.

Talvez não tenhamos festejado exatamente como gostaríamos, porém muitas vezes Deus permite isso para nos ensinar sobre humildade e também para mostrarmos a todos que mesmo a mais singela atividade pode ter o seu valor se feita com reta intenção. Ademais, Domingo que vem, em que no Brasil se comemora de fato a solenidade, poderemos continuar as atividades.

De modo bastante simples, meu marido explicou, à tardinha, após o terço diário, o significado da data, e que todos devemos nos esforçar para corresponder à graça de Deus a fim de ir para o céu. Se assim o fizermos, seremos santos, mesmo que não sejamos canonizados. Além disso, na própria luta diária pela santidade, contamos com os santos que estão no céu, canonizados ou não: quer para servirem de modelo (se eles conseguiram, nós conseguiremos também, se os imitarmos), quer para nos recomendarmos às suas poderosas orações diante de Cristo. Enfim, o Rafael lembrou às crianças que devemos honrar os santos e ter alguns de devoção mais próxima, como os santos do nosso nome e outros. Os santos possuem três missões básicas, então: servir de modelo, interceder por nós, e receber nosso culto de veneração para mais exaltar a glória de Deus. E isso foi passado às crianças hoje.

Após a janta, expliquei um pouco sobre os santos padroeiros de cada um. Santo Antônio de Pádua para a Maria Antônia, São Bento para o Bento, Santa Teresinha do Menino Jesus para a Theresa e Santa Luísa de Marillac para a Maria Luiza. Mostrei figuras deles no computador e pedi que desenhassem sem olhar muito e apenas com poucas canetinhas hidrocor.














Enfim, na hora de dormir, as orações com eles foram todas na temática da imitação dos santos, clamando a Deus que sigamos seus exemplos e que contemos com as suas orações.

E não esquece que escrevemos o livro“Família Católica, Igreja Doméstica”, obra que não encontra paralelo no mercado nacional. Mas, para que ele venha ao mundo, precisamos de cada um de vocês. Escolha sua recompensa, faça sua contribuição e compartilhe nossa campanha em suas redes sociais. Toda divulgação é fundamental para o sucesso desta empreitada. Se não conseguirmos atingir a meta estipulada, todos recebem seu dinheiro de volta. Se conseguirmos, cobrimos os custos de direitos autorais, revisão, diagramação, capa, projeto gráfico, impressão e envio – tudo com a reconhecida qualidade da editora Simonsen.

Venha conosco! Clique AQUI.