St. George's Day


Hoje é dia de São Jorge, um mártir da Capadócia, atual Turquia, que morreu pela fé, segundo alguns, em 303. Infelizmente, no Brasil, seu culto é falseado e muitos, em vez de lhe tributarem verdadeira veneração, acabam caindo na superstição.

Não pode chamar São Jorge de padroeiro quem não está disposto a defender a fé CATÓLICA pela qual ele foi martirizado! Quem diz honrar São Jorge, mas não vai à Missa, não adere com o mais íntimo de sua alma a Cristo, não está disposto a morrer pela Igreja, não é verdadeiro devoto do santo!

Alguns links com a história do santo:

http://www.saojorgemartir.com.br/sao_jorge/hist_sj.php

http://www.saojorgemartir.com.br/sao_jorge/martirio.php

São Jorge é o padroeiro dos escoteiros, da arma de cavalaria do Exército e também da Inglaterra. É igualmente padroeiro da Geórgia, da Catalunha e de Moscou. E é o santo patrono do Papa Francisco, cujo nome de batismo é Jorge Mário Bergoglio: portanto hoje é o onomástico do Santo Padre.

Aliás, o próprio Papa Francisco nos disse hoje na homilia por ocasião da Missa de São Jorge, ser impossível encontrar a Cristo fora da Igreja. Quem quer seguir São Jorge deve seguir a Cristo, e só se segue em plenitude a Cristo na Igreja Católica Apostólica Romana, pela qual Jorge deu a vida!

Segundo a Wikipedia, o santo patrono da Inglaterra é muito venerado por lá no dia de hoje:
"Não há consenso, porém, a respeito da maneira como teria se tornado padroeiro da Inglaterra. Seu nome era conhecido pelos ingleses e irlandeses muito antes da conquista normanda, o que leva a crer que os soldados que retornavam das cruzadas influíram bastante na disseminação de sua popularidade. Acredita-se que o santo tenha sido escolhido o padroeiro do reino quando o rei Eduardo III fundou a Ordem da Jarreteira, também conhecida como Ordem dos Cavaleiros de São Jorge, em 1348. De acordo com a história da Ordem da Jarreteira, Rei Artur, no século VI,colocou a imagem de São Jorge em suas bandeiras.5 Em 1415, a data de sua comemoração tornou-se um dos feriados mais importantes do país.

Hoje em dia na Inglaterra, todavia, a festa de São Jorge comemorada todo dia 23 de abril tem tido menos popularidade ao longo das últimas décadas. Algumas rádios locais, como a BBC já chegaram a promover enquetes perguntando qual seria, de acordo com a opinião pública, o orago dos ingleses, e eis que o eleito foi Santo Alba. Muitos fatores contribuíram a isso. Primeiramente por ter sido substituído, segundo bula do Papa Leão XIII de 2 de junho de 1893, por São Pedro como padroeiro da Inglaterra — recomendação que perdura até hoje.

(...) Atualmente, haja vista a grande popularidade e apelo turístico de festas como a escocesa St. Andrew's Day, a irlandesa St. Patrick's Day e mesmo a galesa St. Dave's Day, têm-se formado grande iniciativa de setores nacionalistas para que o St. George's Day volte a gozar da mesma popularidade entre os ingleses como antigamente."


A família católica pode aproveitar o dia para:

* desfazer nas crianças e adolescentes confusões sincretistas a respeito do santo;
* inculcar em suas mentes e corações um amor tão grande a Jesus a ponto de estar disposto a morrer pela fé, como fez São Jorge;
* explicar a alegoria do combate contra o dragão, que representa o demônio, inimigo de nossas almas;
* lembrar a importância história da Cavalaria Militar do Exército;
* ensinar algo sobre a Inglaterra.

Nunca é demais ter em consideração que a Inglaterra, apesar de ter rompido com Roma no reinado de Henrique VIII, foi uma nação católica, evangelizada por Santo Agostinho de Cantuária e um celeiro de santos e de missionários. Ainda hoje, fora da comunhão romana, tendo iniciado o cisma e a heresia anglicanos, conserva muitos símbolos cristãos, e devemos todos rezar para que o reino britânico se converta à verdadeira fé.

A Inglaterra, ademais, é parte do país chamado "Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte". Isso é matéria de estudos geográficos e históricos para as crianças a que damos homeschooling. O Reino Unido é, como o nome diz, uma união entre diversos Estados sob uma única coroa, que fica em Londres. Dele fazem parte a Irlanda do Norte - que ocupa, também como o nome diz, o norte da Ilha da Irlanda - e as nações da Ilha da Grã-Bretanha: Escócia, País de Gales e Inglaterra. É comum chamarmos a Grã-Bretanha e o Reino Unido de Inglaterra apenas, mas é algo incorreto tecnicamente. A Inglaterra faz parte da Grã-Bretanha, com a Escócia e o País de Gales, e a Grã-Bretanha, com a Irlanda do Norte, faz parte do Reino Unido. Enfim, a Irlanda (do Norte, que é parte do Reino Unido, e a "do sul", que é a República da Irlanda, independente) e a Grã-Bretanha constituem as chamadas "Ilhas Britânicas".

Aquela bandeira que geralmente chamamos de inglesa não é, de fato, da Inglaterra, mas do Reino Unido, sendo a junção das bandeiras da Escócia (cruz de Santo André: branca, em formato de X, com fundo azul), da Irlanda (cruz de São Patrício: vermelha em formato de X, com fundo branco) e da Inglaterra (cruz de São Jorge: vermelha, no meio, com fundo branco). Só o País de Gales não é representado nessa bandeira, pois os ingleses, historicamente, o consideram um território inglês. Essa bandeira do Reino Unido é chamada de "Union Flag" ou "Union Jack", a bandeira da União.


Só que, como visto, a Inglaterra tem a sua própria bandeira, que, unida às demais, se transforma na Union Jack. É a bandeira de São Jorge:


Aqui vemos São Jorge combatendo o dragão com a sua bandeira, mais tarde adotada pela Inglaterra:






As crianças poderão gostar de pintar essa bandeira:



Falando em pintar, algumas figuras de São Jorge para pintar seguem:



E uma que está em PDF:
http://www.activityvillage.co.uk/pdfs/st_george_and_the_dragon_colouring_page.pdf

Enfim, a família católica saberá se unir aos irmãos ingleses para comemorar o santo bem ao estilo da Inglaterra: tomando uma boa cerveja inglesa!

Eu mesmo pretendo tomar uma Fuller's London Porter hoje!








Uma sugestão é decorar a casa como no St. George's Day: com bandeirinhas inglesas, representações do santo armado como cavaleiro inglês, vestir-se com roupas típicas inglesas nas cores de São Jorge (branco e vermelho).





Outra atividade é fazer uma colagem com a bandeira de São Jorge:


Rafael Vitola Brodbeck

Católico, casado e pai de quatro filhos. Delegado de Polícia em Piratini, Rio Grande do Sul, conferencista e escritor de vários livros jurídicos e teológicos. Gradou-se em Direito pela Universidade Católica de Pelotas em 2001, tendo concluído o curso superior de formação na Academia de Polícia Civil do RS em 2008. Diretor do Salvem a Liturgia. Membro do Movimento Regnum Christi, e articulista em vários veículos de imprensa no Brasil. Siga seu Instagram. Fale com ele por email.

Nenhum comentário:

[Domestica Ecclesia] © - Copyright 2013-2017

Todos os Direitos Reservados.
Citando-se a fonte, pode ser o conteúdo reproduzido.