"O lar cristão é o lugar onde os filhos recebem o primeiro anúncio da fé. É por isso que a casa de família se chama, com razão, «Igreja doméstica», comunidade de graça e de oração, escola de virtudes humanas e de caridade cristã."(Catecismo da Igreja Católica, 1666)

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Atrasados para a igreja...

Mas com alegria, sabendo que cumprem a vontade de Deus em encaminhar seus filhos para Deus. A vida familiar não aquela caricatura de perfeição, mas justamente nos pequenos detalhes, no arrumar as crianças, na natural bagunça de alguns ambientes, mostra-se cheia de vida! 


2 comentários:

Emanuel Jr. disse...

Me identifiquei com essa imagem e situação. É exatamente o que acontece aqui nas manhãs de domingo, inclusive com a Ellen penteando o cabelo e o Augusto pronto.

Daniel Pereira Volpato disse...

Acho interessante acabar com essa caricatura de perfeição que muitos imaginam, principalmente as mulheres, pois possuem naturalmente um maior senso e preocupação com a ordem da casa, que acaba sendo um pouco comprometida com o nascimento dos filhos.

Parece-me que muitas pessoas até mesmo desanimam de ter mais filhos quando vêem que não conseguem mais manter a casa no mesmo estado de antes. Mas um pouco de bagunça há de ser tomada com naturalidade. Claro, educando os filhos e ensinando-os a cuidarem das suas coisas e daquilo que usam. Porém, não é necessário surtar ou desesperar-se.