Atrasados para a igreja...

Mas com alegria, sabendo que cumprem a vontade de Deus em encaminhar seus filhos para Deus. A vida familiar não aquela caricatura de perfeição, mas justamente nos pequenos detalhes, no arrumar as crianças, na natural bagunça de alguns ambientes, mostra-se cheia de vida! 


Rafael Vitola Brodbeck

Católico, casado e pai de quatro filhos. Delegado de Polícia em Piratini, Rio Grande do Sul, conferencista e escritor de vários livros jurídicos e teológicos. Gradou-se em Direito pela Universidade Católica de Pelotas em 2001, tendo concluído o curso superior de formação na Academia de Polícia Civil do RS em 2008. Diretor do Salvem a Liturgia. Membro do Movimento Regnum Christi, e articulista em vários veículos de imprensa no Brasil. Siga seu Instagram. Fale com ele por email.

2 comentários:

Emanuel Jr. disse...

Me identifiquei com essa imagem e situação. É exatamente o que acontece aqui nas manhãs de domingo, inclusive com a Ellen penteando o cabelo e o Augusto pronto.

Daniel Pereira Volpato disse...

Acho interessante acabar com essa caricatura de perfeição que muitos imaginam, principalmente as mulheres, pois possuem naturalmente um maior senso e preocupação com a ordem da casa, que acaba sendo um pouco comprometida com o nascimento dos filhos.

Parece-me que muitas pessoas até mesmo desanimam de ter mais filhos quando vêem que não conseguem mais manter a casa no mesmo estado de antes. Mas um pouco de bagunça há de ser tomada com naturalidade. Claro, educando os filhos e ensinando-os a cuidarem das suas coisas e daquilo que usam. Porém, não é necessário surtar ou desesperar-se.

[Domestica Ecclesia] © - Copyright 2013-2017

Todos os Direitos Reservados.
Citando-se a fonte, pode ser o conteúdo reproduzido.