"O lar cristão é o lugar onde os filhos recebem o primeiro anúncio da fé. É por isso que a casa de família se chama, com razão, «Igreja doméstica», comunidade de graça e de oração, escola de virtudes humanas e de caridade cristã."(Catecismo da Igreja Católica, 1666)

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Dia-a-dia: mamãe arrumando lanche para a escolinha da MA

A Maria Antônia vai ao colégio. É uma forma de socializar, pois estamos distantes da família, dos primos. Mas damos complementação escolar em casa, pois entusiastas somos do homeschooling.

A mamãe Aline, todavia, não se furta de passar os dias com os filhos, cativando-os com sua presença, e faz questão de preparar o lanchinho da merenda da Tônia, de arrumá-la, penteá-la, passar perfume.





2 comentários:

Evelyn Mayer de Almeida disse...

O Bernardo não precisa levar lanches para a escola, mas a gente se diverte com as tarefas!

por Cris disse...

Acredito que a escola é para "formação acadêmica" e socialização plural... Nem tão plural pois dá um trabalho escolher a melhor instituição de ensino e sempre há critérios afetos a família... Mas certamente são os pais quem realmente são responsáveis pela "formação humana" e ampla da criança... Que passam as referências e estabelecem a sua origem... Hoje percebo isso com clareza... Nunca estudei sobre o tema!

Tive formação católica da pré-escola até a graduação superior... Naturalmente, na faculdade, não dá para dizer que era uma formação, mas mais uma deformação por conta do momento "político" da época... Durante anos me questionei sobre isso...

Mas sempre tive família materna e família paterna de tradição e vivência católica... Ora com maior aproximação, ora com algum distanciamento... Mas sem nunca simpatizar para outras...

O homeschooling é um desafio.