"O lar cristão é o lugar onde os filhos recebem o primeiro anúncio da fé. É por isso que a casa de família se chama, com razão, «Igreja doméstica», comunidade de graça e de oração, escola de virtudes humanas e de caridade cristã."(Catecismo da Igreja Católica, 1666)

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Mês das vocações para crianças

Entramos em agosto, em que a Igreja trabalha muito a questão da vocação, do chamado de Deus. Cada vocação é única. Existem tantas vocações quanto existem pessoas. Entretanto, costuma-se agrupar, didaticamente, as vocações em "setores" ou "áreas": a vocação ao sacerdócio ou diaconato permanente, a vocação à vida religiosa, a vocação leiga, e a vocação ao matrimônio. 

Essas vocações não são estanques. Uma vocação sacerdotal pode ser à vida religiosa também, ou então somente sacerdotal na incardinação em uma diocese. A vocação à vida religiosa pode ser, então, sacerdotal ou laical, dependendo da pessoa se tornar, além de religiosa, um padre ou permanecer como irmão - evidentemente, as mulheres são sempre religiosas leigas. E por vida religiosa aqui entendemos toda a vida consagrada (institutos de vida religiosa e institutos seculares) bem como a pertença a uma sociedade de vida apostólica. Por sua vez, a vocação leiga pode ser religiosa ou matrimonial, ou então "leiga pura", em que a pessoa se mantém solteira, vivendo o celibato por amor ao Reino dos Céus, mas sem se consagrar na vida religiosa, em um instituto secular ou em uma sociedade de vida apostólica. Não esqueçamos também que, em situações específicas, a vocação ao matrimônio pode conviver também com a vocação sacerdotal (no caso das Igrejas de rito oriental ou nas permissões dadas pelo Papa para ex-pastores anglicanos e luteranos serem ordenados casados), e com a vocação ao diaconato permanente.

Os pais atentos farão, desde cedo, seus filhos notarem a ação de Deus em suas almas, chamando-os a uma vocação específica, que será amadurecida com o tempo, sem descuidarem de sinais precoces que a graça queira apresentar. Lembrem-se de Samuel, desde pequeno chamado a servir a Deus como profeta!

Um modo de ajudar a visualizar bem as vocações, especialmente neste mês de agosto, é pintar as figuras que tiramos do site Amiguinhos de Deus:




Um comentário:

Josiane Singelo disse...

Adorei!
Assim q tiver meus filhos irei por em prática.