Aniversário de Nossa Senhora

Maria Santíssima é a Rainha do nosso lar. Não poderia ser diferente se fazemos da nossa casa um santuário doméstico.

E nossa devoção a Nossa Senhora como presente em nossa família vem desde nosso namoro: desde então consagramos nosso amor a ela, e a fizemos Imperatriz da nossa futura casa.























Ao casarmos, terminada a Missa, consagramos oficialmente nosso Matrimônio a Nossa Senhora de Guadalupe, e a Aline entregou o buquê à sua imagem.






























Mantivemos, claro, as práticas de piedade marianas no lar: terço diário, visita sabatina, mês de Maria, observância das festas de Nossa Senhora, coroação.

Uma das mais importantes é celebrada hoje: Natividade de Nossa Senhora. Trata-se, no popular, do aniversário de Maria Santíssima!

Como em todo Domingo, fizemos um churrasco. Escolhi as carnes, no sábado à tardinha, como de costume, e, no dia, depois da Missa, ao assar, me peguei refletindo sobre as escolhas. Confesso que simplesmente escolhi pernil de porco e ripa da chuleta porque quis, porque estava com vontade de comê-las, e porque sei que a Aline, embora não seja lá muito fã do suíno, adora os cortes da costela - e a ripa da chuleta é um deles.

Ocorre que, carnes no fogo, me veio uma inspiração interessante. É bom comer porco no aniversário de Nossa Senhora: por ela nos veio Jesus, que inaugurou a Nova Aliança, a qual, entre outras coisas, permitiu ao Povo de Deus comer porco, não? E a ripa da chuleta, como vem da costela, é um poderoso símbolo mariano: Eva veio da costela de Adão, e Nossa Senhora é a Nova Eva.

Divagações ingênuas e que demonstram um sadio ócio no Domingo em família. Eis as carnes, com o postre que a Aline fez para o sábado: um bombom de morango, iguaria de Pelotas, a capital nacional do doce, adaptado para uma travessa!

 


E aniversário pede bolo e cantar o Parabéns a Você.

O bolo foi decorado na cor azul, própria de Nossa Senhora, e com doze velas, representando as estrelas de sua coroa, conforme o Apocalipse.


Rafael Vitola Brodbeck

Católico, casado e pai de quatro filhos. Delegado de Polícia em Piratini, Rio Grande do Sul, conferencista e escritor de vários livros jurídicos e teológicos. Gradou-se em Direito pela Universidade Católica de Pelotas em 2001, tendo concluído o curso superior de formação na Academia de Polícia Civil do RS em 2008. Diretor do Salvem a Liturgia. Membro do Movimento Regnum Christi, e articulista em vários veículos de imprensa no Brasil. Siga seu Instagram. Fale com ele por email.

4 comentários:

Lívia Guimarães disse...

O caminho mais lindo e seguro...



Minha querida mãe, minha amiga fiel, como poderia nós, cristãos, vivermos sem este auxílio precioso? Como poderíamos viver sem uma referência maternal tão perfeita e amável? Como Deus é maravilhoso!


No dia da Natividade o reconhecimento desta riqueza se aprofunda ainda mais. Caímos numa reflexão de como não temos amado como se deve à mãe de Nosso Senhor, aquela que nasceu para trazer ao mundo o Redentor!



Nossa Senhora, causa de nossa alegria! São teus, MÃE QUERIDA, nossos melhores sorrisos, pois também tomas para ti nossas mais amargas lágrimas.



Meus votos de aniversário à Mãe do Senhor é que um dia o mundo todo possa dizer: "Totus Tuus".

Cris GoMon disse...

Rafael...

O que significa - quer dizer - consagração a? O sentido...

É como se fosse uma oferta, dedicação... Algo assim?

E a "visita sabatina" a que você se refere entre as devoçoes Marianas?

Obrigada.

Rafael Vitola Brodbeck disse...

1. Consagração tem vários sentidos. Pode referir-se à consagração eucarística, pela qual o pão e o vinho se tornam Corpo e Sangue. Pode ser sinônimo da sagração episcopal, a ordenação de um padre a Bispo. Ou então à consagração como profissão de votos em um instituto de vida religiosa ou assemelhado. No popular, consagração é qualquer "entrega" a Deus e a Nossa Senhora.

2. Visita sabatina tem uma explicação no próprio link que está na expressão ali em cima no texto.

Cris GoMon disse...

Aprendido!

o link somente apareceu para mim, agora! Talvez seja o navegador do celular que uso, não sei... Quando li antes, não apareceu destacado em cor especial indicando que haveria informação linkada!

Obrigada!

[Domestica Ecclesia] © - Copyright 2013-2017

Todos os Direitos Reservados.
Citando-se a fonte, pode ser o conteúdo reproduzido.