Atividades simples para o dia dos Anjos da Guarda

"Peço a Nosso Senhor que, durante a nossa permanência neste chão da terra, nunca nos afastemos do caminhante divino. Para isso aumentemos também a nossa amizade com os Santos Anjos da Guarda" (São Josemaria Escrivá, Amigos de Deus, 315) 

Hoje, 2 de outubro, em ambos os calendários do rito romano celebramos a festa dos Santos Anjos da Guarda. É uma data muito especial para ensinarmos às crianças a existência e a missão desses seres espirituais colocados por Deus em nossas vidas para nos proteger, sobretudo do pecado. Não se trata de falar dos anjos, em geral, mas especificamente dos anjos da guarda. Cada um tem o seu!

E como as crianças são muito visuais, ao lado da lição, é interessante fazer alguma atividade manual com elas.

Lembram dos anjos feitos de cones, que geralmente se faz no Natal? Podemos fazer hoje. Qualquer cone serve: de papelão, de plástico, de isopor etc. A criança pode enfeitar o cone à vontade, cobri-lo com papel colorido, cartolina, papel celofane, papel branco, desenhar. A cabeça pode ser uma bolinha natalina ou uma bola feita de papel ou de isopor. E asas de papel ou papelão.

A Aline é fã da Martha Stewart. Eu, a bem da verdade, só conheço o nome, mas não sei quem é, de fato, nem o que faz, mas no site dela há uma boa sugestão de como montar anjos feitos com pratos de papel.


Neste link há algumas outras idéias.

"Tem confiança com o teu Anjo da Guarda. - Trata-o como amigo íntimo - é-o efectivamente - e ele saberá prestar-te mil e um serviços nos assuntos correntes de cada dia." (São Josemaria Escrivá, Caminho, 562)

"A tradição cristã apresenta os Anjos da Guarda como grandes amigos, colocados por Deus junto de cada homem para o acompanharem nos seus caminhos. E por isso convida-nos a ganhar intimidade com eles e a recorrer a eles." (São Josemaria Escrivá, Cristo que passa, 63)

Aqui, Dom Álvaro del Portillo explica sobre a devoção que São Josemaria Escrivá tinha para com os anjos da guarda. 

É uma boa data para reforçar o aprendizado da oração clássica ao anjo da guarda:

"Santo anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a piedade divina, sempre me rege, me guarda, governa e ilumina."

E a versão para crianças menores:

"Anjinho da guarda, meu bom amiguinho, me leve sempre pelo bom caminho."

Rafael Vitola Brodbeck

Católico, casado e pai de quatro filhos. Delegado de Polícia em Piratini, Rio Grande do Sul, conferencista e escritor de vários livros jurídicos e teológicos. Gradou-se em Direito pela Universidade Católica de Pelotas em 2001, tendo concluído o curso superior de formação na Academia de Polícia Civil do RS em 2008. Diretor do Salvem a Liturgia. Membro do Movimento Regnum Christi, e articulista em vários veículos de imprensa no Brasil. Siga seu Instagram. Fale com ele por email.

2 comentários:

Cris GoMon disse...

Que bom texto!

Desconhecia a versão curta, interessante!

Patricia disse...

O Henrique já reza a oração maior, com minha ajuda em algumas palavras, todas as noites antes de dormir... Importante pra começar a devoção ao Anjo da Guarda.

[Domestica Ecclesia] © - Copyright 2013-2017

Todos os Direitos Reservados.
Citando-se a fonte, pode ser o conteúdo reproduzido.