Celebrando São Valentim

O dia de amanhã, no calendário antigo, é dedicado a São Valentim, presbítero e mártir. Trata-se de uma comemoração, para usar as palavras das rubricas do calendário de 1962, hoje forma extraordinária. Todavia, no mesmo dia 14, outro Valentim é lembrado, desta vez o Bispo de Terni, na Itália, e também mártir. Ambos, São Valentim, presbítero e mártir, e São Valentim de Terni, bispo e mártir, constam no Martirológio Romano.

A tradição identificou o amor romântico, o namoro e o casamento com esses dois santos. Assim, o mais certo do que dizer "Feliz dia de São Valentim" para cumprimentar a namorada seria "Feliz dia dos Santos 'Valentins'", pois os dois são padroeiros dos namorados.

 São Valentim de Terni, Bispo e mártir


São Valentim, presbítero e mártir


E também aqui:


E aqui.


Ao contrário do que possa parecer, comemorar São Valentim - ou ambos os "Valentins" - não é importação americana. Na verdade, o 12 de junho foi inventado pelo comércio aqui no Brasil, e o São Valentim sempre foi comemorado no mundo todo - não só nos EUA, mas na Europa medieval, sobretudo Itália, Inglaterra, Espanha, Alemanha e França.

Vamos comemorar o nosso eterno namoro, mesmo casados, com um jantar bem romântico e pedindo a intercessão dos dois santos para a nossa fidelidade no amor.

Rafael Vitola Brodbeck

Católico, casado e pai de quatro filhos. Delegado de Polícia em Piratini, Rio Grande do Sul, conferencista e escritor de vários livros jurídicos e teológicos. Gradou-se em Direito pela Universidade Católica de Pelotas em 2001, tendo concluído o curso superior de formação na Academia de Polícia Civil do RS em 2008. Diretor do Salvem a Liturgia. Membro do Movimento Regnum Christi, e articulista em vários veículos de imprensa no Brasil. Siga seu Instagram. Fale com ele por email.

Um comentário:

Flavio Roberto disse...

Deus Abençoe! Linda História!

[Domestica Ecclesia] © - Copyright 2013-2017

Todos os Direitos Reservados.
Citando-se a fonte, pode ser o conteúdo reproduzido.