Curso: Como catequizar seus filhos em casa


Você quer aprender como catequizar seus filhos em casa? 

Com eficácia, transmitindo doutrina segura e os ajudando a crescer não só no conhecimento da fé católica como na intimidade com Cristo e na busca pela santidade? 

Quer aplicar princípios pedagógicos sérios na catequese infantil no lar e entender o processo de conduzir as crianças a Deus? 

Está perdido quanto ao conteúdo que deve ser passado?

Aguarde o curso em vídeo que estamos preparando eu, Aline, com mais de dez anos de experiência em educação infantil, e meu marido Rafael, profundo conhecedor da doutrina da Igreja e estudioso dos temas da Igreja desde 1994, fundador e diretor-geral do Salvem a Liturgia, e que foi membro por muitos anos da equipe do melhor site de apologética em língua portuguesa, o Veritatis Splendor, além de ter artigos publicados no site oficial da Congregação para o Clero, no Vaticano, e ser autor de vários livros religiosos recomendados por grandes Bispos. Ou seja, nós dois juntos temos experiência e condições de ajudar você a preparar uma série excelente de aulas para a catequese doméstica dos seus filhos.

O Rafael e eu somos casados desde 2008 e já temos quatro filhos. Ensinamos os rudimentos da fé católica a todos eles, e a mais velha, Maria Antônia, com cinco anos, já está sendo formalmente catequizada justamente com esse método que iremos propor no curso.

Olhem só os temas das oito aulas em vídeo que constarão do curso:

Aula 01: Apresentação
Aula 02: A função dos pais como catequistas e o propósito da catequese no lar
Aula 03: Princípios pedagógicos aplicados à catequese no lar
Aula 04: Os temperamentos e como isso influencia no aprendizado da criança
Aula 05: Respeitando a maturidade da criança, mas incentivando-a a ir além
Aula 06: Como preparar um bom plano de aula
Aula 07: O conteúdo do livro de catequese e como tirar maior proveito dele
Aula 08: Preparando seus filhos para se confessar e comungar

Além dos vídeos, um e-book em PDF, pronto para ser impresso, e com o conteúdo das aulas de catequese para o seu filho, será enviado a todos os que se matricularem. 

O investimento será acessível a todos e o material que já estamos organizando está muito bom.

Em breve, mais informações, o modo de efetuar a matrícula e realizar o pagamento. Tudo rápido, simples e muito barato - ainda mais pensando no tesouro da fé que você passará ao seu filho, maior bem que podemos deixar de herança.

Fique atento e não perca essa oportunidade!


Aline Rocha Taddei Brodbeck

Católica, casada e mãe de quatro filhos. Advogada, professora, blogueira de moda por quase dez anos no Femina, conferencista e palestrante em temas de formação da feminilidade, moda, modéstia e elegância. Com seu marido, Rafael, é autora do livro “Família católica, Igreja doméstica”. Gradou-se em Direito pela Universidade Federal de Pelotas em 2006. Membro do Movimento Regnum Christi, onde ajuda a formar moças e senhoras. Mora em Piratini, Rio Grande do Sul. Siga seu Instagram. Fale com ela por email.

21 comentários:

Janete CSantos disse...

Poxa! Que seja barato, por favor...
Tem aparecido muitos desses cursos online para famílias, e que certamente são muito bons; mas todos de 100 a 300 reais, e são geralmente de pessoas que se dispunham a ajudar gratuitamente por meio de seus próprios blogs e artigos, e que agora cobram... e cobram caro!
Aqui nas comunidades no Norte do país temos carência de material e aulas; nossos catequistas e agentes de pastoral (da família, catequese, etc.) não tem boa formação -- visto que de cima a coisa também não é tão exemplar... -- e temos carência nesse sentido conhecimento.
Perdoe-me o desabafo.
Eu compreendo o porque de cobrarem, mas sejam caridosos.

Em Cristo.
Janete Santos

Anônimo disse...

Para quando o curso. ?
obrigada.
Simone. jaiba22@yahoo.com.br

Anônimo disse...

om dia, Janete,

Obrigado por sua mensagem. É uma oportunidade para esclarecer algumas coisas.

Em primeiro lugar, "caro" ou "barato" são relativos e dependem tais conceitos do referencial que se adota. Gastamos bem mais de 300,00 por coisas bem menos importantes do que um curso desses, não?

Tu falas que nossos blogs são "de pessoas que se dispunham a ajudar gratuitamente por meio de seus próprios blogs e artigos, e que agora cobram". Isso NÃO é verdade. Nós continuamos a ajudar GRATUITAMENTE. O nosso blog, por exemplo, tem mais de 99% dos seu conteúdo gratuito. Quase tudo o que há nele tu e os demais leitores podem ler e aproveitar DE GRAÇA. E os blogs dos Lachance e dos Abadie, que são os que estão com cursos também, funcionam do mesmo jeito.

Ora, tu achas que não gastamos para disponibilizar esse conteúdo GRATUITO? Registro de domínio, viagens, livros que compramos aos montes para ter boa formação - tu reclamas da tua formação aí no Norte, mas a coisa não é tão mais bonita aqui no Sul e Sudeste, e precisamos procurar onde nos formar, o que demanda tempo e DINHEIRO para comprar livros e materiais. Muitas vezes, sacrificamos tempo de descanso e lazer para produzir materiais GRATUITOS para vocês, leitores. E fazemos isso com carinho e amor, para que todos possam ser melhor formados.

Apenas uma pequeníssima parcela de nosso trabalho agora é cobrada. E cobrada DE QUEM QUER FAZER. Ninguém é obrigado a frequentar nosso curso. Ninguém é obrigado a nos pagar nada. Quem não puder ou não quiser, ainda tem 99% do nosso trabalho INTEIRAMENTE DE GRAÇA NO BLOG!

CONT.

Anônimo disse...

Tu insinuas que não somos caridosos. Ora, compartilhar um blog inteiramente gratuito, realizar centenas de consultas para casais e famílias por e-mail e Facebook igualmente gratuitas, dar palestras por vários rincões do Brasil sem cobrar mais do que o transporte/alimentação/hospedagem, fazer hangouts ao vivo e deixar hospedados no Youtube também de graça, não é ser caridoso?

Eu, Rafael, por exemplo, desde 1994, ainda adolescente, investia parcela da minha mesada em livros. Comprei avidamente literatura católica e secular. Assisti palestras, fiz viagens para aprender. Gastei boa parte de meu dinheiro e continuo gastando agora casado e chefe de família. E compartilho o resultado disso tudo de graça! DE GRAÇA! Paguei para aprender e DOU a vocês SEM QUE PRECISEM pagar. Investi na minha formação e ajudo vocês a que se formem sem que precisem gastar nada.

Então, surge a idéia de darmos, ALÉM DE TUDO ISSO QUE JÁ FAZEMOS DE GRAÇA, um pequeno curso. E como ele demandará um esforço extra de nossa parte, resolvemos cobrar. E começam as reclamações?

Brasileiro é complicado. Está acostumado a receber tudo de mão beijada. Cobra tudo do Estado, quer tudo de graça, pronto, mastigado, automaticamente. E não é assim que as coisas funcionam. Se alguém está recebendo algo de graça é porque outro está pagando (no Estado também, se há transporte de graça, por exemplo, é porque a passagem de ônibus de outro é mais alta). Impossível haver almoço grátis. Na prática, quando compartilhamos conteúdo gratuito no nosso blog é porque NÓS estamos pagando para VOCÊS se formarem. E fazemos isso de coração aberto, sabedores de nossa responsabilidade diante de Deus. Queremos ajudar vocês. E o fazemos!

Apenas um, repito, UM curso que será cobrado. E ainda esse curso tu queres de graça? Ou mais barato? Defina, por gentileza, "mais barato". Por vezes, o que é caro para ti pode sair mais caro para nós se baixarmos o preço. E, caríssima, perdoe-me a clareza e a dureza, mas NÃO temos obrigação nenhuma de custearmos a tua formação. Já não basta gastarmos dinheiro com a NOSSA formação e também gastarmos dinheiro ajudando na formação DE VOCÊS em 99% do blog, agora temos que gastar dinheiro de novo com um curso "mais barato"? Então, na prática, é uma exigência a que nós formemos vocês. Veja o absurdo da tua colocação, caríssima. É constrangedor.

O operário é digno do seu salário. Acredite, o valor que cobramos de um curso não cobre 1/10 do que gastamos para adquirir a formação necessária para ministrá-lo a vocês...

Sinto ser duro e tão sincero, mas é necessário.

Ninguém é obrigado a fazer curso algum conosco. Eu sinceramente gostaria que fizessem, não para encher meus bolsos, mas para que tenham melhor formação. E formação demanda dinheiro e tempo.

Nós dois temos nossos compromissos - minha profissão é exigente, e temos quatro filhos para criar e educar. E abdicamos de alguns deles - de horas e horas de lazer e descanso - para auxiliar nossos leitores de forma gratuita. E quando UM curso é cobrado, começa a chiadeira?

Repensa tua colocação. Não é por aí...

Att.,
Rafael Brodbeck

Aline Rocha Taddei Brodbeck disse...

Simone,

Dentro de um mês, acredito que teremos as primeiras aulas.

Em Cristo,

Gustavo Abadie disse...

Caros Rafael e Aline,

Parabenizo-os por esta importante iniciativa.
Eu certamente serei aluno de vocês seja o custo que tiver.

Abraços,
Gustavo.

Danilo Cortez Gomes disse...

Muito feliz em mais um "voo alto" do Domestica Ecclesia! Contem com minhas orações e colaboração enquanto discente! Forte abraço!

Daniela Gonzalez Macedo disse...

No Brasil, infelizmente, as pessoas pensam que é um dever que tudo lhes seja dado de graça.
Por isso é que é tão difícil manter um site ou um blog com material de qualidade como este, como o "Encontrando Alegria", como o "Christo Nihil Praeponere" (padrepauloricardo.org) e outros.
Sinceramente, mesmo que vocês cobrem R$ 300 (cito este valor porque foi o mais alto mencionado), não acho caro e nem indevido.
Hoje, com as formas de pagamento eletrônico, é possível parcelar mesmo valores baixos. E quem não quiser fazer parcelamento pelo site de pagamento, pode ir fazendo uma poupança caseira, mesmo e, quando tiver reunido o valor, acessa o blog, paga e faz o curso.
Simples e fácil. Acessível a todos. E é justo, uma vez que toma tempo de estudo, tempo de preparação das aulas, tempo de gravação das aulas etc. Enfim, tempo que vocês poderiam usar para ficar com os filhos, por exemplo, ou descansando, ou se divertindo...
Se os fatores "interesse no curso online" e "dinheiro disponível" não podem ser conjugados, então é preciso buscar o dinheiro. Reclamar não é alternativa, como se as pessoas que disponibilizam o curso tivessem o dever de fazê-lo.
Os autores do curso podem cobrar quanto quiserem por ele. Os potenciais alunos fazem o curso se quiserem e pagarem por isso. E não podem ficar tentando delimitar antecipadamente valores, como se o acesso frequente ao blog lhes desse algum direito sobre futuras iniciativas.
Em frente, meus amigos. Parabéns pela iniciativa. Grande abraço.

Ju Torres "Garrafinha" disse...

Olá, a paz de Cristo.
Salve Maria. =D

Aguardando informações para realizar a inscrição. Deus os abençoe cada dia mais. Um abraço.

Rafael Vitola Brodbeck disse...

Ju, acabamos de te enviar um email. O curso começa em maio.

Obrigado pela confiança

Letícia disse...

Que bom que será em maio. Estou muito interessada no curso. Vcs foram muito bem recomendados por uma grande amiga.

Letícia disse...

Estou muito interessada no curso.

Jesus Pereira disse...

@ Janete CSantos: examina-te. Se estás entre as pessoas que não gastam com coisas supérfluas e o dinheiro ainda assim é escasso para as coisas necessárias; e persiste tua vontade de fazer o curso, deixa um contato aqui - se o permitirem os administradores - que te dou um retorno.
Gastamos do que recebemos. E sempre há graça no que recebemos.

Unknown disse...

Prezados,

Ainda é possível participar do curso (só fiquei sabendo do mesmo no dia de hoje).

Agradeço a atenção.

Fiquem na paz.

Aline Rocha Taddei Brodbeck disse...

Caríssimo anônimo,

Sim, é possível, pois abrimos uma sexta edição: http://www.domesticaecclesia.com/2016/11/matriculas-abertas-6-turma-do-curso.html

Um abraço,

joão disse...

Estou entrando :)

Lucio Novais disse...

Boa tarde. Eu realizei o pagamento do curso pelo pagseguro, mas não sei quais as outras etapas para a matrícula. Preciso de orientação.

Lucio Novais disse...

Caro Rafael. Eu realizei o pagamento pelo pagseguro, mas não sei como completar a matrícula. Agradeço se puder mandar as informacões por e-mail e eu posso tr enviar a confirmação do pagamento. Meu e-mail é: novax@bol.com.br.

Aline Rocha Taddei Brodbeck disse...

Lucio, não há novas orientações ou etapas. Basta adquirir e teu email, pelo PagSeguro, é colocado na lista para envio das aulas. Já enviamos três. Recebeste?

Andréia Zan Borguezon disse...

Boa tarde!

Fiz a inscrição para o curso através do Pagseguro. Como devo proceder agora? Quando as aulas irão se iniciar?

Aline Rocha Taddei Brodbeck disse...

Em breve, assim que tivermos 50 alunos ou em três meses.

[Domestica Ecclesia] © - Copyright 2013-2017

Todos os Direitos Reservados.
Citando-se a fonte, pode ser o conteúdo reproduzido.