Serviço de Nove Lições e Cânticos de Natal para este ano

Serviço de Nove Lições e Cânticos de Natal

O “Festival of Nine Lessons & Carols” é uma tradição anglicana, mas que penetrou em paróquias luteranas e católicas da Inglaterra e dos Estados Unidos, por uma natural e saudável influência. Os anglicanos, mesmo separados da verdadeira Igreja, possuem um belíssimo patrimônio estético, litúrgico e espiritual, desenvolvido a partir de seu próprio ethos inglês medieval, da época em que católicos eram, e que foram aprimorando ainda que fora do pastoreio do Papa. Roma aceita que esse patrimônio, quando é verdadeiro, i.e., quando compatível com a fé católica, seja mantido pelas comunidades anglicanas que se convertem. Leia mais sobre isso ao pesquisar sobre anglican patrimony e os Ordinariatos para ex-anglicanos no Google.

Como a liturgia dos protestantes, excetuando-se setores da High Church, é mais livre, comum se tornou que, na véspera de Natal, se executasse esse tipo de culto em que nove leituras (lições) da Sagrada Escritura são lidas, alternando-as com hinos e cânticos natalinos. Surgiu em 1880, com Dom Edward White Benson, então bispo anglicano de Truro, na Cornualha, Inglaterra, e, mais tarde, arcebispo de Canterbury. 

Serviço de Nove Lições e Cânticos de Natal

Hoje é uma tradição muito forte no King’s College, na Universidade de Cambridge, que transmite o culto pela BBC de Londres. 

Mesmo quem nunca teve qualquer ligação com anglicanos pode fazer essa devoção, na paróquia ou em casa. Nos Estados Unidos e na Inglaterra, dioceses católicas sem nenhum anglicano convertido, a fazem. A conferência dos Bispos norte-americanos até possui uma sugestão de rito. Os padres de São João Câncio, particularmente empenhados na "reforma da reforma", celebrando a liturgia moderna com afinco, em latim, versus Deum, na chamada hermêutica da continuidade, e promovendo a liturgia tradicional, fazem todos os anos em sua paróquia, esse serviço de lições e cânticos também.

Já falamos várias vezes sobre isso aqui no blog, mas depois de alguns anos, mudando algumas lições e cânticos, chegamos em uma estrutura ideal, que queremos compartilhar com vocês.

Serviço de Nove Lições e Cânticos de Natal

O modelo que se apresenta a seguir é uma compilação das tradições de tal serviço para o nosso lar, com cantos que nos são familiares.

Quem preside diz, enquanto todos fazem o sinal da cruz:

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. 

Após o que todos respondem:

Amém.

Segue conforme abaixo.

Hino processional: Cristãos, vinde todos
“Adeste fideles”, popular

1. Cristãos, vinde todos, com alegres cantos.
Oh! Vinde, oh! Vinde até Belém.
Vede nascido, vosso rei eterno.

Oh! Vinde adoremos, Oh! Vinde adoremos,
Oh! Vinde adoremos o salvador!

2. Humildes pastores deixam seu rebanho
e alegres acorrem ao rei do céu.
Nós, igualmente, cheios de alegria.

3. O Deus invisível de eterna grandeza,
sob véus de humildade, podemos ver.
Deus pequenino, Deus envolto em faixas!

4. Nasceu em pobreza, repousando em palhas.
O nosso afeto lhe vamos dar. Tanto amou-nos!
Quem não há de amá-lo?

Oração Inicial: Oremos. Ó Deus todo-poderoso, concedei aos que gememos na antiga escravidão, sob o jugo do pecado, a graça de ser libertados pelo novo natal do vosso Filho, que tão ansiosamente esperamos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. R:/ Amém.

Primeira Lição: Gn 3,8-15;17-19

Cântico: Cantai Que o Salvador Chegou
“Joy to the World! The Lord Is Come!”, por Isaac Watts (1719), trad. Justus Henry Nelson
Hinário para o Culto Cristão, 106

1. Cantai que o Salvador chegou.
Acolha a terra o Rei.
Ó vós, nações, a ele só
contentes vos rendei,
contentes vos rendei,
oh, sim, contentes vos rendei!

2. Ao mundo as novas proclamai
que já raiou a luz.
Ó terra, mar e céus, cantai:
Nasceu o Rei Jesus.
Nasceu o Rei Jesus.
Nasceu, nasceu o Rei Jesus.

3. Ele venceu a morte e a dor,
baniu a maldição.
As bênçãos vêm do Redentor
em régia profusão,
em régia profusão.
Oh, sim, em régia profusão!

4. Cristo governa com amor.
Os povos provarão
que é justo e bom o Salvador
e lhe obedecerão,
e lhe obedecerão.
Sim, todos lhe obedecerão.

Segunda Lição: Gn 22,15-18

Cântico: Cantam anjos harmonias
“Hark! The Herald Angels Sing”, por Charles Wesley (1739), trad. Robert Hawkey Moreton (1887) 
Hinário para o Culto Cristão, 96

1. Cantam anjos harmonias
ao nascer o Salvador.
Traz do céu o Rei-Messias
paz com Deus e santo amor.
Cantem povos, exultantes,
cantem salmos triunfantes,
aclamando o seu Senhor,
nasce Cristo, o Redentor.

Toda a terra e altos céus
cantem sempre glória a Deus.

2. Cristo, o Filho entronizado,
Sua glória abandonou.
Entre os homens, humilhado,
cruz e morte suportou.
É bondosa a divindade.
É feliz a humanidade.
Esperança de Israel
é Jesus  Emanuel.

3. Cante o povo resgatado
glória a Deus, Senhor da paz,
pois, em Cristo revelado,
vida e luz ao mundo traz.
Nasce a fim de renascermos,
vive para revivermos -
Rei, Profeta e Salvador.
Louvem todos ao Senhor.

Terceira Lição: Is 9,2;6-7

Cântico: Oh, vem, oh, vem, Emanuel
Antigo hino em latim, trad. João Wilson Faustini
Hinário para o Culto Cristão, 85

1. Oh vem, oh vem, Emanuel!
Redime o povo de Israel,
Que geme em triste exílio e dor
E aguarda, crente, o Redentor!
Dai glória a Deus! Emanuel
Virá em breve, oh Israel!

2. Oh vem, Rebento de Jessé,
E aos filhos teus renova a fé;
Que o diabo possam derrotar
E sobre a morte triunfar!
Dai glória a Deus! Emanuel
Virá em breve, oh Israel!

3. Oh vem aqui nos animar
E nossas almas despertar;
Dispersa as sombras do temor
E as nuvens negras dp terror.
Dai glória a Deus! Emanuel
Virá em breve, oh Israel!

Quarta Lição: Is 11,1-3a;4a;6-9

Cântico: Quando virá, Senhor, o dia
Harpa de Sião, p. 1
1. Quando virá, Senhor, o dia,
Em que apareça o Salvador;
Em se efetue a profecia
Nasceu do mundo o Redentor.

Rorate coeli désuper,
Et nubens pluant iustum.

2. Aquele dia prometido
A antiga fé de nossos pais
Dia em que o mal será banido
Mudando em risos nossos ais.

3. Quando felizes o veremos
No firmamento despontar
E a espargir clarões supremos
Da Terra as trevas dissipar.

4. Filha de reis, ó Virgem pura
Sai da modesta posição
Em ti,embora criatura
De Deus se fez a Encarnação.

Quinta Lição: Lc 1,26-35;38

Cântico: O primeiro Natal
“The first Noel”, por John Steiner (1871), trad. Ruth See (1841)
Novo Cântico (Hinário Presbiteriano), 231

1. Eis que um anjo proclamou 
o primeiro Natal,
A uns pobres pastores 
ao pé de Belém
Que, nos campos, a guardar 
seu rebanho, afinal,
Suportavam, da noite, 
o frio também.

Natal! Natal! Natal! Natal!
É vindo ao mundo o Rei divinal!

2. De repente, lá no céu, 
linda estrela surgiu,
E no oriente brilhou 
com estranho fulgor.
Veio à terra forte luz 
que do céu lhe caiu
Muitas noites, ainda, 
em fulgente esplendor.

3. Tal estrela apareceu 
e os magos guiou
Pela estrada a Belém, 
rumo certo os conduz.
E chegando ali, por fim, 
a estrela parou,
Mesmo acima da casa 
em que estava Jesus.

4. E os magos, com afã 
e sublime temor,
Os joelhos dobraram 
naquele lugar
Para ofertas liberais, 
e de raro valor
Qual incenso, ouro e mirra, 
ao Menino entregar.

5. E como eles, vimos nós, 
com intenso fervor,
Dar louvores sinceros 
a quem nos amou;
Adorar de coração 
o Supremo Senhor
Que, morrendo na cruz, 
nossas almas salvou!

Sexta Lição: Lc 2,1;3-7

Cântico: Senhor das luzes siderais
“O Lord Of Light”, por Melvin Farrel, com a melodia (e tradução da letra) de “Conditor Alme Siderum”, hino latino, séc. IX, em gregoriano de Sarum, modo IV, trad. Leonildo Krey (1983)
Hinário Luterano, 284

1. Senhor das luzes siderais,
e luz da nossa salvação,
Jesus, dos altos celestiais,
vem escutar nossa oração

2. Humilde vieste nos salvar
da fúria atroz do Malfeitor,
com teu amor nos consolar
em amarguras, pranto e dor

3. A Virgem-mãe te deu à luz
para o holocausto redentor,
pois no Calvário, sobre a cruz,
nos resgataste, ó Salvador

4. Agora reinas, grande Deus,
com majestade divinal;
teu santo nome, em terra e céus,
recebe glória triunfal

5. Juiz eterno, grande Rei,
sê nosso escudo protetor,
tem compaixão de tua grei
e livra-nos do tentador

6. A Deus o Filho, a Deus o Pai
e ao Santo Espírito exaltai.
Cantemos sempre o seu louvor
por sua graça e infindo amor!

Amém

Sétima Lição: Lc 2,8-16

Cântico: Numa estrebaria rude
“Once in Royal David’s City”, por Cecil Frances Humphreys Alexander (1848), trad. João Gomes da Rocha (1898)
Hinário para o Culto Cristão, 107

1. Numa estrebaria rude
da cidade de Belém,
onde o povo não pensava
encontrar o Sumo Bem,
nela a Virgem deu à luz
ao menino, o bom Jesus.

2. O Senhor da eterna glória
neste mundo quis nascer
e por berço a manjedoura
entre os homens veio ter.
A tal ponto se humilhou
o Senhor que o céu criou!

3. Com amor tratou os outros,
revelando a eterna luz.
Fome, sede, dor, tristezas
padeceu, e até a cruz,
pra mostra-nos compaixão
e nos dar a salvação.

4. Quando para o céu nós formos,
lá veremos o Senhor,
pois o meigo e bom menino
é o eterno Criador.
Para nós desceu dos céus
e nos leva para Deus.

Oitava Lição: Mt 2,1-18

Cântico: Noite Feliz
Hinário Cecília, 14

1. Noite feliz! Noite feliz!
Oh, Senhor, Deus do amor
Pobrezinho nasceu em Belém
Eis na Lapa Jesus nosso bem
Dorme em paz, oh, Jesus
Dorme em paz, oh, Jesus

2. Noite feliz! Noite feliz!
Oh, Jesus, Deus da luz
Quão afável é Teu coração
Que quiseste nascer nosso irmão
E a nós todos salvar
E a nós todos salvar

3. Noite feliz! Noite feliz!
Eis que no ar vem cantar
Aos pastores os Anjos do Céu
Anunciando a chegada de Deus
De Jesus Salvador
De Jesus Salvador

Nona Lição: Jo 1,1-14

Cântico: Vinde, cristãos, vinde à porfia
Antigo hino em latim, popular

1. Vinde, cristãos, vinde à porfia
Hinos cantemos de louvor
Hinos de Paz e de alegria,
Hinos de anjos do Senhor

Glória, a Deus nas alturas
Glória, a Deus nas alturas

2. Vinde juntar-vos aos pastores
Vinde com eles a Belém
Vinde correndo pressurosos,
o Salvador que enfim nos vem

3. Foi nesta noite Venturosa
do nascimento do Senhor
Que anjos de voz harmoniosa
deram a Deus o seu louvor

V:/ A nossa proteção está no nome do Senhor. A nossa proteção está no nome do Senhor. 
R:/ Que fez o céu e a terra.

Coleta: Oremos. Ó Deus, que revelastes ao mundo o esplendor de vossa glória pelo parto virginal de Maria, dai-nos venerar com fé pura e celebrar sempre com amor sincero o mistério tão profundo da encarnação. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. R:/ Amém.

Bênção

Deus onipotente e misericordioso,
que nos dá a graça de comemorar na fé
a primeira vinda do seu Filho Unigênito
e de esperar confiadamente a sua vinda gloriosa,
nos ilumine e enriqueça com as suas bênçãos
na celebração dos mistérios do Advento. R:/ Amém.

Deus nos conserve, durante esta vida,
firmes na fé, alegres na esperança
e generosos na caridade. R:/ Amém.

A nós, que esperamos, na alegria espiritual,
o próximo nascimento do nosso Redentor,
conceda-nos Deus o prêmio da vida eterna,
quando Ele vier de novo na majestade da sua glória. R:/ Amém.

A bênção de Deus omnipotente,
Pai e Filho + e Espírito Santo,
desça sobre nós e permaneça para sempre. R:/ Amém.

Hino: Ó vinde, meninos, não falte ninguém
“Ihr Kinderlein kommet”, por Pe. Christoph Daniel von Schmid (1811) e Johann Abraham Peter Schulz (1794), trad. desconhecida
Hinos do Povo de Deus, 24

1. Ó vinde, meninos, não falte ninguém!
Ó vinde ao presépio, ó vinde a Belém!
E vede o que Deus nesta noite nos deu:
Seu Filho Jesus por nós todos nasceu

2. Olhai, no presépio repousa Jesus;
olhai, ao clarão fulgurante da luz,
em panos humildes o Filho de Deus,
mais belo e afável que os anjos dos céus!

3. E vede, crianças, na palha ele jaz,
Maria e José o contemplam em paz.
Os pobres pastores o estão a adorar,
o coro dos anjos jubila a cantar

4. Tal como os pastores os joelhos dobrai,
erguei as mãozinhas e graças lhe dai;
louvai, ó meninos, a Deus com fervor,
com todos os anjos cantai seu louvor

5. Orai: Ó divina criança, em amor,
por nossos pecados suportas a dor,
aqui, no presépio há pobreza, ó Jesus,
angústia extrema e morte, na cruz

6. Aceita o que temos, benigno Senhor,
leva os corações, nossa oferta de amor!
Ó faze-os tão santos e bons como o teu,
unindo-os contigo na terra e no céu!

Serviço de Nove Lições e Cânticos de Natal

Rafael Vitola Brodbeck

Católico, casado e pai de quatro filhos. Delegado de Polícia em Piratini, Rio Grande do Sul, conferencista e escritor de vários livros jurídicos e teológicos. Gradou-se em Direito pela Universidade Católica de Pelotas em 2001, tendo concluído o curso superior de formação na Academia de Polícia Civil do RS em 2008. Diretor do Salvem a Liturgia. Membro do Movimento Regnum Christi, e articulista em vários veículos de imprensa no Brasil. Siga seu Instagram. Fale com ele por email.

Nenhum comentário:

[Domestica Ecclesia] © - Copyright 2013-2017

Todos os Direitos Reservados.
Citando-se a fonte, pode ser o conteúdo reproduzido.